Home


Aliás, só comecei esse texto porque surgiu uma súbita vontade de começar o texto com a palavra aliás. E aqui estou a escrever sem propósito, sem tema, sem assunto, sem ideia, sem sentido. Aliás, a palavra aliás me lembra linhas liláses se enrolando freneticamente em um carretel branco. E por falar em carretel, me fez lembrar de carrossel, com cavalinhos também lilases-pastel sufando suavemente em sua onda imaginária. Sobe-e-desce, sobe-e-desce, sobe-e-desce…. E o sobe-e-desce me gera náusea. Náusea que me lembra de voltar a trabalhar, que aliás, me faz sentir como aquele carretel, com linhas lilases me enlaçando freneticamente até me encobrir e sufocar. Acho que é isso que queria mesmo dizer.

Deixe uma Resposta

Preencha os seus detalhes abaixo ou clique num ícone para iniciar sessão:

Logótipo da WordPress.com

Está a comentar usando a sua conta WordPress.com Terminar Sessão / Alterar )

Imagem do Twitter

Está a comentar usando a sua conta Twitter Terminar Sessão / Alterar )

Facebook photo

Está a comentar usando a sua conta Facebook Terminar Sessão / Alterar )

Google+ photo

Está a comentar usando a sua conta Google+ Terminar Sessão / Alterar )

Connecting to %s