Home

Afta é igual chicletes “tá na boca, tá mascando!”. Afta e dentes é da série de coisas que nasceram para ser par, como blusa branca e molho de tomate, chapinha e chuva, suco e toalha de mesa, pão com manteiga e chão. Bem diria o Fábio, carne e unha, alma gêmea, as metades da laranja, duas forças que se atraem…Alma gêmea, leia-se nas entrelinhas alma (inimiga) gêmea, porque ô relação conturbada! Quanto mais você mentaliza “não vou morder, não vou morder, não vou morder!”, a quantidade e força das dentadas aumenta progressivamente. E essa auto-mastigação sucessiva se dá até chegar ao estado Boca-carne-viva, ou até mesmo Aqui-jaz-uma-boca.

Afta lembra cafta. Vai ver é isso, uma desconexão no cérebro, um erro biológico nos neurônios, que acham que cada afta é uma cafta suculenta e saborosa. Ah, o cérebro e seu parafuso árabe a mais…

Afta. A própria palavra já diz “Aflita”. Aflita, sim, uma boca com afta é uma boca aflita. Aflita e desesperada. Nessas horas sonhava em ser banguela. Sim, boca banguela não tem medo de afta. Mas daí nesse caso, não poderia mastigar a cafta de verdade né. Logo, é melhor ter dentes, poder comer o que quiser e nos dias de afta pagar essa liberdade com um breve sofrimento. Nada de bangueleza.

Afta que não te quero afta. Vou “tacar” Omicilon em Orabase e bicarbonato pra você ver se não sai de mim! Afta que não me quero aflita…

2 thoughts on “Como-me

Deixe uma Resposta

Preencha os seus detalhes abaixo ou clique num ícone para iniciar sessão:

Logótipo da WordPress.com

Está a comentar usando a sua conta WordPress.com Terminar Sessão / Alterar )

Imagem do Twitter

Está a comentar usando a sua conta Twitter Terminar Sessão / Alterar )

Facebook photo

Está a comentar usando a sua conta Facebook Terminar Sessão / Alterar )

Google+ photo

Está a comentar usando a sua conta Google+ Terminar Sessão / Alterar )

Connecting to %s