Home

As vezes simplesmente se quer ser gás. Nobre é claro. Indiferente, introspectivo, água e óleo. Acontece. Desejo de separação do mundo. Um susurro de hoje vou dormir no sofá, não quero ver ninguém, de vou me abster de qualquer esforço das relações humanas. “Não me toque. Não queira contato. Só me deixe no meu canto exercendo meu papel de átomo inacessível no ar”.

Mas apesar de gás, e ainda que na chatice antissocial, um ser nobre. Essência é essência apesar de um estado volátil dia ou outro. “Amanhã durmo na cama e iremos fazer longo amor. Voltarei a sorrir, conversar, e haverá nossa habitual troca de convivência, mas hoje, não me dirija à palavra, sociedade. Hoje, me deixe irreativo em meu estado monótono.”

Gás. Trasparente. Invisível. Dissolvido no nada. As vezes só se quer estar assim…

Deixe uma Resposta

Preencha os seus detalhes abaixo ou clique num ícone para iniciar sessão:

Logótipo da WordPress.com

Está a comentar usando a sua conta WordPress.com Terminar Sessão / Alterar )

Imagem do Twitter

Está a comentar usando a sua conta Twitter Terminar Sessão / Alterar )

Facebook photo

Está a comentar usando a sua conta Facebook Terminar Sessão / Alterar )

Google+ photo

Está a comentar usando a sua conta Google+ Terminar Sessão / Alterar )

Connecting to %s