Home

…nada. Hoje não vou escrever nada. Hoje sou raiva. Não me há forças nem motivação. A inspiração me é palavra na tristeza. Também na alegria. Mas a tristeza tem algo de especial. Hoje, sou só um vazio imóvel na alma. Um eco oco preenchido de um vão.

Hoje não vou escrever nada. A raiva dissolveu todas minhas letras quando virou desgosto. E desgosto é insípido. Transparente, invisível e gélido. Mas é ar. Ocupa todo o peito. Arrepio na espinha me sentir cheia de quilômetros a perder de vista de coisa nenhuma. Arrepio pensar que coisa nenhuma é tanta coisa…

One thought on “Buraco

Deixe uma Resposta

Preencha os seus detalhes abaixo ou clique num ícone para iniciar sessão:

Logótipo da WordPress.com

Está a comentar usando a sua conta WordPress.com Terminar Sessão / Alterar )

Imagem do Twitter

Está a comentar usando a sua conta Twitter Terminar Sessão / Alterar )

Facebook photo

Está a comentar usando a sua conta Facebook Terminar Sessão / Alterar )

Google+ photo

Está a comentar usando a sua conta Google+ Terminar Sessão / Alterar )

Connecting to %s