Home

Ah essa profissão! De glamour só o nome e ainda a falta de entendimento social do que realmente fazemos. No dia a dia ralamos pra caráleo e nem tudo é lindo. Lá se vão altas madrugadas, noites mal dormidas e stress de mil alterações nos jobs. Alguns ruins e outros bem prazeirosos. A gente reclama pra lá e pra cá mas no fim quem larga? Se há uma verdade em ser designer, é que estamos na nossa profissão por amor. Sim, eu amo o que faço! Sem demagogias. E a maioria ama sim. Acreditamos na maior parte do que fazemos. Sabemos que alguns trabalhos não saem tão bons por diversos motivos, cliente, prazo e blá blá blá. Mas o importante é não deixar o brilho apagar. A vida precisa de brilho, de dança, de sensações, de emoções verdadeiras, de marcas que relacionam. E podemos fazer isso. Eu acredito que sim.

Afora que ser designer tem um lado muito gostoso desse clima despretencioso, da galera depois do trampo tomando umas, discutindo layout, tomando mais umas, trocando ideias massas. Respiramos muitos ares bons. Muitas coisas criativas. Acho um privilégio ser designer. E minha homenagem é essa “I’d Rather Dance With You!”. Que o mundo precisa de dança!

2 thoughts on “Dia do designer gráfico

Deixe uma Resposta

Preencha os seus detalhes abaixo ou clique num ícone para iniciar sessão:

Logótipo da WordPress.com

Está a comentar usando a sua conta WordPress.com Terminar Sessão / Alterar )

Imagem do Twitter

Está a comentar usando a sua conta Twitter Terminar Sessão / Alterar )

Facebook photo

Está a comentar usando a sua conta Facebook Terminar Sessão / Alterar )

Google+ photo

Está a comentar usando a sua conta Google+ Terminar Sessão / Alterar )

Connecting to %s