Home

Blue que se despedaça num instante. Preso no canto da parede, violentado com um tapa na cara, um murro no estômago e uma calça rasgada. “Abre as pernas! Nada de azul! Te quero pálida, te quero morta, te quero calada.”

Blue….blues… Na memória ainda se sente o gosto da cor e do som. Um dia, nem mais na memória. Só vai restar uma postura quieta, social e sem ameaças. Uma postura polida, perfeita e pronta para o céu. Afinal, só o céu pode ser azul.

One thought on “Cadáver politicamente correto

Deixe uma Resposta

Preencha os seus detalhes abaixo ou clique num ícone para iniciar sessão:

Logótipo da WordPress.com

Está a comentar usando a sua conta WordPress.com Terminar Sessão / Alterar )

Imagem do Twitter

Está a comentar usando a sua conta Twitter Terminar Sessão / Alterar )

Facebook photo

Está a comentar usando a sua conta Facebook Terminar Sessão / Alterar )

Google+ photo

Está a comentar usando a sua conta Google+ Terminar Sessão / Alterar )

Connecting to %s