Home

Tec. Tec. Trec.
O som da gota no balde.
Gota aguda. Esgotada. Trincada no fundo.

Com o tempo, o fundo deixou de ser fundo. Sufocou.
Cada gota que encontrava no caminho, era um intenso “Devoro-te”.
Empanturrou-se. Bebeu todas. Comeu cada canto até derramar pelas bordas.
Quando derramou… viu ser piche. Gotas gordas e negras de piche.

Primeiro um desespero. Depois solidão. E enfim, força.
Virou-se do avesso e, devagar, de gota em gota, foi despejando o grude.
Em seus pés, agora, ele era asfalto. Firme, seco, num convite de nova rota.
Levantou a cabeça, olhou fundo nos olhos do dia, e foi. De passo em passo.
Uns fortes, outros retorcidos. Mas foi.

2 thoughts on “Pez

Deixe uma Resposta

Preencha os seus detalhes abaixo ou clique num ícone para iniciar sessão:

Logótipo da WordPress.com

Está a comentar usando a sua conta WordPress.com Terminar Sessão / Alterar )

Imagem do Twitter

Está a comentar usando a sua conta Twitter Terminar Sessão / Alterar )

Facebook photo

Está a comentar usando a sua conta Facebook Terminar Sessão / Alterar )

Google+ photo

Está a comentar usando a sua conta Google+ Terminar Sessão / Alterar )

Connecting to %s