Home

TedioDeDomingo

Lá estava ela deitada, submersa em seus lençóis camíferos, quando o ronco no estômago falou mais alto que o tédio. Empurrou coberta e travesseiros pro lado, rolou pelos longos centímetros da cama até a beirada, colocou os pés no chão, empurrou com os braços aborrecidos o resto do corpo e levantou-se. Foi como múmia até a cozinha, acendendo as luzes do apartamento que também dormia. Até esse momento, ela nem imaginava que algo saculejante poderia acontecer em plenas 22 horas de domingo.

Luz da cozinha acesa. A dúvida de um miojo ou uma ligação para delivery. Três minutos? Escolheu o miojo! Em três minutos como tudo pode mudar… Em frente à sua janela, árvores moravam lá embaixo. Vai ver por isso sua casa estava sempre habitada por insetos: abelhas, besouros, formigas gordas com asas longas voando agressivas… E os frenéticos adoram uma lâmpada! Lâmpadas-deuses e insetos em torno, em adoração “Fica dando vorta em vorta da lâmpida pra si isquentá”. Foi nesse despertar da casa que ela veio. Por fora da janela, uma bruxa desvairada esperneava o vidro. Enorme, balofa, amarela peluda. Bem peluda. Vai ver não era bruxa, era bruxo: Ramos, tony. Enfim, ela (ou ele) de corpo amarelo tão vibrante, vibrava querendo entrar.

A garota que sofria de Entomofobia (medo de insetos), correu pra fechar a janela, mas era tarde demais. A bruxa bolota entrou toda bola de boliche, derrubando tudo pela frente. Batia e se rebatia. No pânico, a garota pegou a primeira coisa à sua frente: uma caixa de pizza vazia, e deu na cara da bruxa. Algumas batidas e (Tony) caiu no chão de costas “Tá lá o corpo estendido no chão”. Os olhos da bruxa brilhavam olhando fixos para a garota. Ela com um misto de dó e medo, abriu o miojo e jogou na água fervente. Como diz o ditado “Um olho no miojo, outro no defunto”. Foi pra sala esperar o cozimento, pensando na morte da bezerra…ops, da bruxa. Quando voltou, o corpo não estava mais estendido no chão! E não é que a bruxa esperta se fez de morta e depois sumiu. Ela escorreu o macarrão correndo, derramou o tempero, pegou garfo e faca e saiu dali. Vai que a bruxa resolve se vingar dando-lhe umas na cabeça também!

No fim, bem longe da cozinha, a garota ainda pensou: “Indo fazer miojo e assassinato com caixa de pizza? A tal da bruxa ainda era delatora de gordices de fim de semana. Não é à toa que o tal nome lhe foi dado: BRUXA!”.

(E ai da garota frente aos ativistas defensores dos animais! Perdoem-na. Foi uma caixada de pizza num impulso de Entomofobia).

2 thoughts on “Tédio de domingo?

Deixe uma Resposta

Preencha os seus detalhes abaixo ou clique num ícone para iniciar sessão:

Logótipo da WordPress.com

Está a comentar usando a sua conta WordPress.com Terminar Sessão / Alterar )

Imagem do Twitter

Está a comentar usando a sua conta Twitter Terminar Sessão / Alterar )

Facebook photo

Está a comentar usando a sua conta Facebook Terminar Sessão / Alterar )

Google+ photo

Está a comentar usando a sua conta Google+ Terminar Sessão / Alterar )

Connecting to %s