Home

PaoNossoCadaDia

Ali na cozinha estavam os dois. Ela, uma carne moída. Triturada pelas mãos obesas do homem gordo, sangrava em cima da pia de mármore branco. Castiço mármore que ficaria imundo pra sempre. De um branco impuro e com perfume de ex-vida. Com resquícios de vermelho nas entranhas das ranhuras. Encardido! O suor da testa do homem-porco pingava nos miolos da carne. E os dedos peludos misturavam tudo junto: miolos, sal e suor. Ele era viciado em carne.

No chão frio de porcelanato , mais uma vítima, já branca-porcelana. De rosto aquecido, tampado por um saco plástico preto. Asfixiado. Das partes ainda não partidas, ainda se via a beleza da moça, que minutos antes, respirava sua existência atrás daquele balcão qualquer. Era uma ruiva mirrada, atendente naquele supermercado qualquer. O mesmo onde ela embalava a compra do homem com a sacola negra que agora jazia imóvel em sua cabeça.

Por trás do plástico, ela ainda sorria. Um sorriso apavorado, mas presente, como invariavelmente ela mantinha. Sua expressão era de uma simpatia quase ingênua. Só não era ingenuidade porque sorrir foi uma escolha que ela fez pra suportar suas desgraças de forma mais leve. Seu bom dia aos outros vinha estampado nos dentes.

E de pensar, que por aquele bom dia, não passariam mais compras. Que por aquele bom dia, não cruzaria nem um sequer grão de arroz, nem queijos, vinhos ou desinfetantes. Que o desinfetante limparia o piso que seu cadáver jorrou. E que o piamontês e uma taça, seriam acompanhamento pro jantar do seu corpo.

Pronto. O prato ficou pronto. O homem sentou-se sozinho na mesa, fez sua oração agradecendo seu “pão nosso” e em seguida jantou faminto o mudo sorriso. Que lhe desceu pela garganta, pelo estômago e no dia seguinte, foi embora na descarga. De persistente que era, o sorriso nem entalou no cano. Escorreu correndo pro mar e enfim voltou a ser livre.

Liberto nos lábios do infinito das águas.

Deixe uma Resposta

Preencha os seus detalhes abaixo ou clique num ícone para iniciar sessão:

Logótipo da WordPress.com

Está a comentar usando a sua conta WordPress.com Terminar Sessão / Alterar )

Imagem do Twitter

Está a comentar usando a sua conta Twitter Terminar Sessão / Alterar )

Facebook photo

Está a comentar usando a sua conta Facebook Terminar Sessão / Alterar )

Google+ photo

Está a comentar usando a sua conta Google+ Terminar Sessão / Alterar )

Connecting to %s